Como conciliar reformas e auxílios?

Como conciliar reformas e auxílios? Não é de hoje que a questão é apresentada por especialistas e investidores. Com o pacote de U$ 1,9 trilhão proposto por Biden, a dúvida sobre os rumos da economia atravessa as fronteiras do cenário doméstico. Na coluna de hoje para o Valor Investe, Alexandre Espirito Santo comenta as dificuldades e possibilidades econômicas após um ano do começo da covid-19:

Como criar um meio termo entre o resgate da necessária agenda fiscal, de reformas, com os anseios sociais, desde a vacinação em massa até a prorrogação dos auxílios emergenciais? Ajustar a economia diante de elevado desemprego é sempre complicado, quanto mais agora.

Nos últimos dias, os candidatos às presidências da Câmara e do Senado vêm abordando o tema. Em minha análise, somente um pacto costurado por diversas forças da sociedade poderia facilitar esse objetivo[…].

Confira a coluna completa.

Deixe uma resposta