Rodrigo Pacheco e Arthur Lira são eleitos no Congresso e os últimos destaques

Terça-feira, 02 de fevereiro de 2021

RESUMO DOS MERCADOS

Cotação DiaSemanaMêsAno
Ibovespa (pts)117.517,602,13%2,13%2,13%-1,26%
Dólar PTAX (R$)5,4608-0,28%-0,28%-0,28%5,08%
DI Jan 2025 (bps)6,30%-4-4-465
S&P 500 (pts)3.773,861,61%1,61%1,61%0,47%

BRASIL EM FOCO 

DESTAQUES

O Ibovespa terminou o dia seguindo o desempenho dos principais índices dos Estados Unidos e na expectativa que os futuros presidentes da Câmara e do Senado sejam aliados do governo. 

ELEIÇÕES NO SENADO

Rodrigo Pacheco (DEM-MG) foi eleito o presidente do Senado, vencendo a sua principal concorrente, Simone Tebet (MDB-MS), por 57 votos a 21. Pacheco, era apoiado por Davi Alcolumbre (DEM-AP), por Jair Bolsonaro e até mesmo por partidos de oposição como o PT. Em seu discurso de posse, Pacheco falou que as reformas tributária e administrativa “deverão ser votadas com urgência, mas sem atropelo”.

O novo presidente do Senado também defendeu a independência da Casa como “premissa fundamental” e clamou por “união das instituições em torno do bem geral”. Nesta terça-feira, os senadores se reunirão para decidir os demais membros da Mesa Diretora. (Poder 360)

ELEIÇÕES NA CÂMARA

Arthur Lira (PP-AL) foi eleito o novo presidente da Câmara pelos próximos dois anos, vencendo a eleição em 1° turno após conquistar 302 votos. Baleia Rossi (MDB-SP) conquistou apenas 145 votos dos 257 necessários para levar o pleito. Em seu primeiro discurso após a vitória, Lira defendeu a vacinação e o equilíbrio nas contas públicas.

O presidente eleito para a Câmara disse que conversará com novo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, sobre uma ideia geral do que chamou de “Pauta Emergencial”, visando encaminhar temas urgentes que exigem decisões imediatas e destacou a necessidade de avançar nas agendas de reformas em especial as que se referem ao quadro fiscal. (Poder360)  

MEDIDAS ECONÔMICAS

Paulo Guedes e sua equipe devem anunciar, em breve, medidas para auxiliar a retomada da economia, visto que os dados sobre a covid-19 vem piorando, bem como a recuperação econômica. Estão na pauta deliberações que não trariam impactos fiscais significativos como a antecipação do pagamento do 13° salário a aposentados e pensionistas e projetos para a facilitação de crédito. Por ora, não há previsão de anúncio sobre a renovação do auxílio emergencial.

Com a Câmara e o Senado comandados por aliados de Bolsonaro, a área econômica entende que será mais fácil aprovar, entre outros temas, a PEC Emergencial que está no Senado. O desejo do Ministério da Economia é atrelar a discussão do auxílio emergencial à aprovação da PEC, para que um gasto maior no curto prazo seja compensado por um ajuste estrutural das contas públicas. (Valor

GREVE DOS CAMINHONEIROS

Apesar da insatisfação dos caminhoneiros com o preço do diesel e o não cumprimento da tabela de frete, a greve prevista para ontem, segunda-feira (01), não ganhou tração. No porto de Santos, um dos principais trechos do país, o movimento foi normal ao longo do dia. (Folha)  

CORONAVÍRUS NO BRASIL

Nas últimas 24h foram registrados 24 mil novos casos e 595 mortes. Desde o início da pandemia, o país acumula 225 mil óbitos e 9 milhões de casos confirmados de Covid-19. (Ministério da Saúde


OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL 

DESTAQUES

As bolsas dos Estados Unidos fecharam em alta, com a diluição das preocupações quanto a possíveis ataques especulativos, como os observados na semana passada. Os índices europeus também encerraram o dia em campo positivo, em linha com o mercado norte-americano e com o ritmo acelerado de distribuição das vacinas no continente.  

PACOTE DE ESTÍMULOS EUA

Joe Biden se reuniu com 10 senadores republicanos nesta segunda-feira (01). Apesar de não terem chegado a um acordo definitivo sobre o pacote de estímulos, ambos os lados alegaram que a reunião foi muito positiva. A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou que Biden está esperançoso que o Plano de Resgate Americano passe com apoio bipartidário. O presidente revelou que da proposta de US$ 1,9 tri, US$ 50bi devem ir para expansão dos testes genômicos para identificar novas cepas do coronavírus. 

A contra-proposta republicana é de US$ 618 bi, incluindo uma rodada de cheques diretos de US$ 1.000 e mais US$ 500 destinados aos que têm crianças como dependentes. A ideia é reduzir também tanto o montante quanto a abrangência dos pagamentos, com diminuição do valor para os que ganham a partir de US$ 40.000 anuais e o não pagamento aos que recebem acima de US$ 50.000 ao ano.  (Bloomberg / WSJ

EFEITO REDDIT

Após a prata disparar 13% ontem, a maior alta desde 2013, os contratos futuros da commodity caíram mais de 5% nesta terça-feira. A bolsa de Chicago, CME Group, anunciou um aumento das margens para os contratos do metal da Comex. Analistas advertem que a prata é um ativo mais difícil de manipular e manter o preço em níveis recordes, se comparado a ações específicas. (Bloomberg)

VACINAÇÃO NA ALEMANHA

A Chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou que, apesar do ritmo lento na distribuição das vacinas no país, irá oferecer o imunizante para todos os adultos até o final do terceiro trimestre. O foco nos adultos é devido ao fato de que nenhuma vacina infantil ainda foi aprovada. (Reuters)

CORONAVÍRUS

Nos EUA, os casos de Covid-19 já somam 26 milhões e as mortes ultrapassam 443 mil. No mundo, são 103 milhões de infectados e 2 milhões de óbitos. (Johns Hopkins)

HOJE

Os mercados asiáticos fecharam em alta. Na Europa, as bolsas também operam com otimismo, com destaque para o CAC de Paris que sobe mais de 1,5%, reagindo a dados positivos de inflação.

Em Wall Street os futuros apontam para uma abertura positiva. Na agenda de indicadores, já foram divulgados o PIB de alguns países europeus e a economia do bloco como um todo recuou 5,1%, mais do que o consenso do mercado de queda de 4,3%.

No Brasil, sai o resultado da produção industrial de dezembro e anual.

Um comentário em “Rodrigo Pacheco e Arthur Lira são eleitos no Congresso e os últimos destaques

Deixe uma resposta