Petrobras anuncia queda no preço dos combustíveis e os últimos destaques

Quinta-feira, 25 de março de 2021

RESUMO DOS MERCADOS

Cotação DiaSemanaMêsAno
Ibovespa (pts)112.064,20-1,06% -3,58%1,84%-5,84%
Dólar PTAX (R$)5,53300,69%0,45%0,05%6,47%
DI Jan 2025 (bps)8,14%145891249
S&P 500 (pts)3.889,14-0,55%-0,61%2,05%3,54%

BRASIL EM FOCO 

DESTAQUES

O Ibovespa fechou em queda pelo terceiro dia consecutivo, retornando ao patamar dos 112 mil pontos. No cenário doméstico, ficou no radar dos investidores a reunião do presidente Bolsonaro com representantes do legislativo e judiciário para tratar do combate à pandemia. As preocupações a respeito de lockdowns prologados na Europa também tiveram efeito sobre os ativos de risco, no geral. 

COMBATE À PANDEMIA

O presidente Bolsonaro anunciou ontem (24) a criação de um comitê que se reunirá semanalmente para decidir e direcionar os rumos do combate à pandemia. O novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que a união entre os três poderes fortalecerá o SUS. O presidente do senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), alegou que a reunião foi sintetizada com a criação de um “pacto nacional” liderado pelo presidente da república. Pacheco explicou que será sua responsabilidade o contato constante com os governadores para ouvir as demandas dos estados e levar tais questões ao comitê. 

A iniciativa privada também auxiliará na ampliação dos leitos de UTI e no fornecimento de oxigênio e insumos para a medicação. Insatisfeito com o resultado da reunião, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), ao discursar no plenário da Casa, lembrou que “os remédios políticos do Congresso são conhecidos e todos amargos”, referindo-se ao processo de impeachment, além de ressaltar que “tudo tem limite”.  Apesar da fala, Lira disse que “não é hora de tensionamentos. (CNN / O Globo)

MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES

Em reunião no Palácio do Planalto, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), cobrou explicações do chanceler Ernesto Araújo quanto atuação tímida da diplomacia brasileira na busca de vacinas pelo mundo. Lira reforçou a necessidade do Brasil reestabelecer as relações diplomáticas com países chaves para a ampliação da imunização, em especial, com a China, Índia e Estados UnidosDe acordo com o presidente da Câmara, o Brasil precisa destravar, o quanto antes, a chegada do IFA para viabilizar a produção nacional das vacinas, e por isso, “não há mais espaço para relações beligerantes, principalmente com a China.”  (Valor /CNN)

MINISTÉRIO DA ECONÔMIA

O Ministério concluiu uma Medida Provisória que pode destravar o uso de cerca de R$ 10 tri, com a criação das Centrais Gestoras de Garantia (CGG). Essa MP permite otimizar o uso do patrimônio como garantia de empréstimos e facilitará que as hipotecas possam ser executadas extrajudicialmente. De acordo com o secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida, “É uma medida sem custo fiscal, que melhora a eficiência das garantias de crédito”.  O subsecretário de Política Microeconômica e Financiamento da Infraestrutura do Ministério da Economia, Edson Bastos, acredita que as CGG poderão representar para o mercado de crédito o que a alienação fiduciária foi para o mercado imobiliário nos anos 2000. (Valor)

PETROBRAS

A empresa anunciou que reduzirá o preço do litro da gasolina e do diesel em R$ 0,11 nas refinarias a partir de hoje, uma diminuição de 3,7% e 3,8% respectivamente. O anúncio vem me linha com a queda da commodity observada nos últimos dias. A estatal segue a cotação internacional do petróleo para definir os preços dos combustíveis em suas refinarias. (Estadão)    

VACINAÇÃO

Em entrevista coletiva o novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que a sua meta de “curto prazo” é passar a vacinar diariamente um milhão de pessoas contra covid-19, segundo o novo ministro, atualmente são vacinados 300 mil brasileiros por dia. Queiroga também anunciou a intenção de criar uma secretaria especial de combate à pandemia, que funcionará 24 horas por dia, e ressaltou que não há medicamento específico para o tratamento do coronavírus até o momento, mas que o médico tem autonomia para receitar o que achar adequado. O ministro também se posicionou contra a adoção de um lockdown, dizendo que buscará políticas de distanciamento social adequadas. (CNN

CORONAVÍRUS NO BRASIL

Nas últimas 24h, foram registrados 89 mil novos casos e 2.009 mortes. Desde o início da pandemia, o país acumula 300 mil óbitos e 12 milhões de casos confirmados de Covid-19. ( Ministério da Saúde)

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL 

DESTAQUES

Os índices em Nova York fecharam em queda com o Nasdaq recuando 2,01%. As bolsas na Europa terminaram o dia majoritariamente em alta, com os agentes de mercado avaliando a melhora nos dados de atividade de março. Os temores da terceira onda da pandemia e França, Alemanha, Itália e Holanda adotando novas medidas de restrição permanecem no radar.

JEROME POWELL

O presidente do FED afirmou ao Comitê Bancário do Senado que a previsão de uma redução do desemprego de 6,2% para 4,5% no final do ano, apesar de modesta, é “altamente desejável”, resultado de mais pessoas procurando emprego.Em relação a inflação, Powell alegou que os preços provavelmente aumentariam em razão dos chamados efeitos básicos, uma vez que as leituras muito baixas do ano passado saem do cálculo, juntamente com alguma pressão de gastos reprimidos e gargalos da cadeia de suprimentos. Espera-se que essa mudança seja temporária e o longo período de baixa inflação nos EUA manteria as pressões de preços sob controle. O presidente do FED voltou a afirmar que a instituição possui ferramentas para combater a inflação indesejada e as usaria. (Bloomberg)

ATIVIDADE NA ZONA DO EURO

A atividade do setor privado na zona do euro voltou a crescer pela primeira vez em seis meses. O resultado foi impulsionado pelo aumento recorde na produção industrial. Segundo a IHS Markit, os custos de insumos subiram no ritmo mais rápido em uma década e os preços de bens e serviços aumentaram mais do que nos últimos dois anos. O PMI Manufatura ficou em 62,4 (est. 57,6), o de Serviços foi de 48,8 (est. 46) e o resultado do PMI Composto ficou em 52,5 (est. 49,1). (Bloomberg)

CANAL DE SUEZ

A rota de navegação mais curta entre a Europa e a Ásia permaneceu bloqueada durante a quarta-feira, enquanto 10 rebocadores tentavam liberar um dos maiores navios cargueiros do mundo que encalhou na terça-feira (23) no Canal de Suez. Cerca de 30% dos volumes globais de transporte de contêineres, o que representa 12% do comércio mundial em termos de volume, passam pelo canal todos os diasO principal trajeto alternativo é o contornando África, o que leva uma semana a mais. (Reuters

CHINA

De acordo com um alto representante da União Europeia, os Estados Unidos e a Europa concordaram em relançar o diálogo bilateral com a China, visando trabalharem juntos para abordar o “comportamento desafiador” da Rússia. Segundo o comunicado, “Eles reconheceram um entendimento compartilhado de que as relações com a China são multifacetadas, compreendendo elementos de cooperação, concorrência e rivalidade sistêmica.” (Reuters)

VACINAÇÃO

O Reino Unido e a União Europeia afirmaram estarem trabalhando em medidas para destravar a disputa sobre o fornecimento de vacinas. A UE estabeleceu um plano que facilitaria o bloqueio das exportações de vacinas contra a covid-19. Sem mais detalhes, as partes anunciaram que vão trabalhar em ações específicas visando a expansão de entregas do imunizante. (WSJ)  

CORONAVÍRUS NO MUNDO

Nos EUAos casos de Covid-19 já somam 30 milhões e as mortes ultrapassam 545 mil. No mundo são 124 milhões de infectados e 2,7 milhões de óbitos. (Johns Hopkins)

HOJE

Na Ásia, as bolsas fecharam mistas. Nesta manhã, a Europa opera no negativo, assim como os futuros em Wall Street. O petróleo cai fortemente. Na agenda de divulgação de indicadores, hoje saem os dados de IPCA-15, PIB dos EUA e pedidos iniciais de seguro-desemprego. O mercado certamente estará de olho no leilão de US$ 62 bilhões em títulos públicos americanos de 7 anos e no clima de Brasília para a apreciação do orçamento.

Deixe uma resposta