A nova onda de IPO: ‘Hitar’ ou ‘flopar”?

Qual é o melhor momento para uma empresa emitir ações?

As vantagens de abrir capital na bolsa são diversas: conseguir financiamento, facilitar as aquisições e fusões, reduzir o Custo de Capital etc. No entanto, há alguns fatores que necessitam ser observados para não para não se prejudicar. Na coluna para o Valor Investe desta semana, Alexandre Espirito Santo da sua opinião sobre a nova onda dos IPOs na bolsa brasileira.

Tenho a percepção de que o uso saudável do mercado de capitais como fonte de financiamento para as empresas já se tornou uma realidade em nossa economia. E a maioria vem adotando boas práticas de governança corporativa. Assim, a onda de IPO, a meu juízo, tem muito mais para “hitar” do que “flopar” (gírias para sucesso e fracasso, respectivamente).

Confira a matéria completa clicando aqui.

Deixe uma resposta