Executivo e COngresso fecham acordo sobre Reforma tributária e os últimos destaques

Terça-feira, 25 de maio de 2021

RESUMO DOS MERCADOS

BrCotação DiaSemanaMêsAno
Ibovespa (pts)124.031,621,17%1,17%4,32%4,21%
DI Jan 2025 (bps)8,26%7746261
Dólar PTAX (R$)5,31980,32%0,32%-1,55%2,37%
S&P 500 (pts)4197,050,99%0,99% 0,38%11,74%

BRASIL EM FOCO 

DESTAQUES

O Ibovespa teve um pregão positivo e encerrou o dia próximo às máximas históricas, influenciado por notícias e movimentações otimistas domésticas e estrangeiras. As ações de varejo foram os destaques (MGLU3 +8,15%, LAME4 +5,36%, VVAR3 +5,31%) e as units do Banco Inter se valorizaram impressionantes 24,83%, após o anúncio de reorganização societária com a StoneCo. O dólar PTAX e as taxas DI foram impactadas pelas declarações de Paulo Guedes de que o governo “vai para o ataque” e buscaria ampliar benefícios sociais visando as eleições em 2022.

BOLETIM FOCUS

Conforme foi divulgado pelo Banco Central no Boletim Focus de ontem (24), as medianas das expectativas para o IPCA (5,24%) e crescimento de PIB (3,52%) em 2021, se elevaram da semana passada para a atual, enquanto as estimativas de câmbio (R$ 5,30) e Selic (5,50%) foram mantidas. Para 2022, as expectativas se elevaram para o IPCA (3,67%) e para o PIB (2,30%). Para o câmbio o valor foi reduzido para R$5,30 e a taxa Selic se manteve em 6,50%. (BCB / Valor)

INFRAESTRUTURA

As expectativas do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, para a entrada de investimentos em infraestrutura é da ordem de $50 bilhões para projetos de concessão até o final de 2022. O montante é equivalente ao orçamento público de 30 anos para o setor. O ministro espera que sejam realizadas obras em portos, aeroportos, ferrovias, rodovias, entre outros. Além dos $10 bilhões leiloados no mês passado, o governo espera atrair capital estrangeiro e leiloar concessões em outros 100 ativos diferentes até o final do ano que vem. Para Tarcísio, o principal motivo do sucesso dos leilões recentes é o melhoramento do arcabouço legal e segurança jurídica para esses projetos. (FT)

CPI DA COVID

Nesta quarta-feira (26) serão votadas as convocações de diversos governadores e prefeitos para depor na CPI da Covid, além da reconvocação do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, após o general participar de atos pró-Bolsonaro neste último domingo no Rio de Janeiro . O depoimento hoje da secretária do MS Mayra Pinheiro, a “capitã cloroquina”, deve adicionar pressão para Pazuello, que deve sofrer procedimento disciplinar por ter participado do ato mencionado anteriormente ainda como oficial da ativa. Ele a apontou como a responsável pelo app TrateCov, que recomendava o uso da cloroquina no combate ao coronavírus. E-mails da Pfizer mostram que o governo só formalizou uma contraproposta para a farmacêutica em dezembro, o que contradiz o ex-ministro no depoimento à Comissão. ( Folha)

REFORMAS

O Executivo e as lideranças do Congresso se alinharam e fecharam acordo ontem (24) sobre a reforma tributária. Conforme anúncio do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), senadores analisarão a PEC que tratará sobre a unificação do ICMS e ISS em um único IVA, além do novo Refis. Enquanto isso, a Câmara trabalhará na criação do CBS, que unifica PIS/Cofins, mudanças no Imposto de Renda e IPI. A definição saiu após encontro do ministro Paulo Guedes com Pacheco e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). ( Estadão / Valor)

JUROS SOBRE CAPITAL PRÓPRIO E DIVIDENDOS

O Ministério da Economia tem uma proposta para acabar com o mecanismo de juros sobre capital próprio (JCP), uma alternativa que as empresas têm para distribuir recursos aos seus acionistas. Além disso, o governo trabalhava com a hipótese de reduzir, ao longo de dois anos, a alíquota base do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ), hoje em 15%, para 12,5% e depois para 10%. Outra ideia que consta das minutas preliminares da área econômica é taxar a distribuição de dividendos em 15% – embora também houvesse alternativa de, em um segundo momento, elevar esse tributo que não é cobrado há mais de duas décadas para 20%. As ideias constam da proposta de reforma do Imposto de Renda que está em sua fase final de elaboração e aguarda momento político melhor para seu envio. (Valor)

ELEIÇÕES

O governo deve “partir para o ataque” com a aproximação das eleições do ano que vem, com ampliação do Bolsa Família, criação de novos programas sociais e a realização de reformas que, conforme declarou o ministro Paulo Guedes em entrevista à Folha, tem apoio da população brasileira. Compartilha dessa visão o líder do governo no Senado, senador Fernando Bezerra (MDB-PE). Segundo Bezerra, a CPI é uma ofensiva para “desgastar” o presidente Bolsonaro que será mal-sucedida por causa da economia, que deve reagir melhor que o esperado pela apreciação das commodities. Segundo cálculos do governo, o orçamento federal deve ter uma folga da ordem de R$40 bilhões nesse ano, o que permitirá programas sociais mais intensos e dará maior força para a candidatura de Bolsonaro. ( Folha)

CAMPOS NETO E BACEN

O presidente do BC, Roberto Campos Neto, afirmou em entrevista que o desempenho da atividade econômica surpreendeu positivamente no primeiro trimestre de 2021 e o BC deve revisar para cima suas projeções para o crescimento do PIB neste ano . Ele citou a reação forte da economia após auxílios, a expectativa de aceleração da vacinação no segundo semestre e o equilíbrio dos núcleos da inflação em relação a outros países emergentes. Além disso, o BC divulgou diretrizes para a criação de uma moeda digital brasileira oficial e disse que mudará o nome do projeto “open banking” para “open finance” , já que objetivos mais grandiosos estão sendo traçados pela instituição conforme as metas traçadas vão sendo alcançadas. (Poder360)

CEPA INDIANA DO CORONAVÍRUS

Mesmo se contasse com infraestrutura para erguer barreiras sanitárias nos principais terminais de transportes e fronteiras, o Brasil dificilmente conseguiria impedir a entrada e disseminação da cepa indiana, afirma o epidemiologista Eliseu Alves Waldman. Na avaliação do especialista, esse recurso tem baixa eficiência em territórios continentais. (Valor)

CORONAVÍRUS NO BRASIL

Nas últimas 24h, foram registrados 37,5 mil novos casos e 790 mortes. Desde o início da pandemia, o país atingiu a marca de 449,9 mil óbitos e 16,1 milhões de casos confirmados de Covid-19. Foram aplicadas no Brasil 63,5 milhões de doses de vacina, sendo que 20,9 milhões de pessoas já receberam as duas doses do imunizante. ( Ministério da Saúde / G1)

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL

DESTAQUES

Os índices acionários americanos tiveram uma sessão de alta, com o Dow Jones, S&P500 e Nasdaq subindo 0,54%, 0,99% e 1,41% respectivamente. Diretores do FED reforçaram a expectativa de aumentos de preços transitórios e a manutenção da política monetária acomodatícia, com as taxas dos títulos americanos cederam e o dólar enfraqueceu.

FED

Após discursos de membros do FED reafirmando que a inflação é temporária e que os estímulos monetários deverão permanecer como estão até que a economia americana volte ao pleno emprego, investidores reduziram suas preocupações e os mercados avançaram ontem (24). Os rendimentos dos treasuries de 10 anos voltaram ao patamar de 1,60%. Os membros do FED decidiram falar ao público geral através de programas de rádio, o que não é comum e foi percebido como uma forte sinalização de que a política monetária frouxa deverá se manter. ( Reuters / NYT)

PETRÓLEO

O petróleo está tendo a maior alta seguida desde março, com subida de mais de 6% no WTI nos últimos 2 pregões e negociando acima de US$ 66/barril, valor próximo à máxima anual. É considerada a possibilidade de que esses preços permitam aos EUA negociarem a remoção de sanções ao petróleo iraniano no contexto do programa nuclear do país. (Bloomberg)

CRIPTOS

Segundo tweet de Elon Musk, foi firmado um acordo entre os principais mineradores americanos de bitcoin para aumentar a transparência acerca do uso de energia renovável, aliviando preocupações sobre o impacto da moeda ao meio ambiente. Ao mesmo tempo, a diretora do FED, Lael Brainard, responsável pela estabilidade financeira do dólar, criticou moedas privadas dizendo que elas adicionam riscos ao sistema financeiro e que o Banco Central americano está atento a diferentes tópicos desse universo. O FED deve publicar um estudo sobre criptos nesse verão englobando diversos aspectos dos criptoativos. Ray Dalio, fundador da Bridgewater, em entrevista sobre o bitcoin, disse que “o maior risco é o seu sucesso”. (Bloomberg)
CORONAVÍRUS NO MUNDO: nos EUA, os casos de Covid-19 já somam 33,1 milhões e as mortes ultrapassam 590,5 mil. No mundo são mais de 167,1 milhões de infectados, e os óbitos estão na marca de 3,5 milhões. A Índia se tornou o terceiro país do mundo a ter mais de 300 mil mortes por covid. (Johns Hopkins)

HOJE

Na Ásia, as bolsas registraram fortes lucros. Na China, a alta foi de 2,40%. Na Europa, os índices das bolsas são negociados em campo positivo. Os futuros dos índices de Nova York indicam para uma abertura com lucros. O Bitcoin é negociado a US$ 38.000. O preço do ouro está estável, negociado a US$ 1.882,40. O rendimento dos treasuries de 10 anos está em 1,59%. Na agenda do dia tem PIB da Alemanha do primeiro trimestre, vendas de casas novas em abril nos EUA e, por aqui, saem o IPCA-15 e dados de trabalho do Caged.

Deixe uma resposta