Desemprego do primeiro trimestre e os destaques da semana

Panorama Semanal de 24 a 28 de maio*

DESTAQUES

A taxa de desemprego de 14,7% no primeiro trimestre deste ano, o equivalente a 14,8 milhões de pessoas, foi um dos assuntos que mais repercutiram na imprensa esta semana. Na CPI da Covid, destaque para os depoimentos da secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, conhecida como capitã Cloroquina, e de Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, que responsabilizou o presidente Jair Bolsonaro pelo atraso na vacinação da população brasileira.

CPI DA COVID

Sobre a crise do oxigênio em Manaus, Mayra desmentiu o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello sobre a data em que foi informado da situação. E, segundo ela, havia orientação do Ministério da Saúde para adoção de tratamento precoce para a Covid-19. Pazuello, bem como o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foram reconvocados à CPI, além de nove governadores. 

PAZUELLO

Após participar de um evento motociclístico em apoio político a Bolsonaro, Pazuello enfrenta um processo administrativo do Exército. Há uma pressão na instituição para que ele vá para a reserva. Mas o fato de estar na ativa estaria lhe garantindo alguma proteção na CPI. As declarações de Pazuello na CPI também foram postas em xeque por Covas. Este afirmou que o posicionamento de Bolsonaro na internet interrompeu a compra da CoronaVac. Segundo Covas, a suspensão da aquisição ocorreu em 20 de outubro, quando Pazuello disse que “um manda e outro obedece”. De acordo com Covas, o governo federal ignorou ofertas de vacinas. O Brasil, afirmou, poderia ter sido o primeiro país a vacinar a população. 

VACINAÇÃO

Com a chegada de matéria-prima (IFA) da China, foram retomadas as produção tanto pelo Instituto Butantan (CoronaVac) como pela Fiocruz (Oxford/AstraZeneca). 
Variantes do sars-cov-2, como a indiana, seguem preocupando, bem como a possibilidade de uma terceira onda por aqui. A Fiocruz fez um alerta para uma possível piora da situação nas próximas semanas.

EUA

Nos EUA, o presidente Joe Biden, autorizou as investigações sobre a origem do coronavírus. 

ECONOMIA

Na economia, o IBGE divulgou a inflação de maio medida pelo IPCA-15. A taxa ficou em 0,44%. Em 12 meses, o indicador acumula 7,27%.
No pregão desta quinta-feira, o Ibovespa fechou em alta de 0,30%, aos 124.367 pontos, com influência de dados do mercado de trabalho nos EUA, da política fiscal e dos pacotes de estímulo por lá. O dólar recuou 1%, cotado a R$ 5,255.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.* Dados atualizados até as 9h do dia 28/5

Deixe uma resposta