O tempo e a inflação

Uma das respostas para mitigar os efeitos que a pandemia trouxe à economia global foram as políticas monetárias ultra expansionistas. Países ao redor do mundo, e principalmente os EUA, adotaram diversos estímulos fiscais e monetários. Enquanto isso, os bancos centrais afirmam que a inflação consequente dessas políticas será passageira. No entanto, nosso economista chefe, Alexandre Espirito Santo, tem suas dúvidas. Em seu blog para o Valor Investe, ele comenta a relação direta entre políticas monetárias expansionistas e a inflação, que pode se tornar um problema maior que o previsto.

Em todo o caso, pior exagero é a antítese estruturalista, que imagina que a moeda nada tem a ver com o caso. A verdade é que nada como o desleixo monetário pode servir como estopim da inflação.

Confira a matéria completa na coluna do Valor Investe.

Deixe uma resposta