Uma análise da proposta de Reforma Tributária

Na semana retrasada, o governo entregou ao Congresso uma proposta de reforma tributária. Ela muito provavelmente sofrerá alterações, mas já apresenta muitas sugestões de mudanças para investidores. Em sua coluna para o Valor Investe desta semana, Alexandre Espirito Santo analisa e dá sua opinião nessas mudanças:

Em relação aos investimentos foram muitas as sugestões de mudanças, sendo, em minha visão, as principais: 1) fim da isenção no recebimento de dividendos, que passam a ser tributados em 20%; 2) unificação das alíquotas de IR em 15% para fundos e operações de renda fixa e variável, incluindo o day trade; 3) fim da isenção nos fundos imobiliários; 4) fim do “come cotas” de maio, mantido o de novembro e 5) fim da isenção nos fundos exclusivos fechados, que passam a ter “come cotas” (exceto ações).

Confira a publicação completa no blog do Valor Investe.

Deixe uma resposta