Presidente afirma que não sancionará novo fundo eleitoral e os últimos destaques

Terça-feira, 20 de julho de 2021

RESUMO DOS MERCADOS

BrCotação DiaSemanaMêsAno
Ibovespa (pts)124.394,57-1,24%-1,24% -1,90%4,52%
DI Jan 2025 (bps)8,11%-9-95246
Dólar PTAX (R$)5,19782,04%2,04%3,91%0,02%
S&P 500 (pts)4.258,49-1,59% -1,59% -0,91%13,38%

BRASIL EM FOCO

DESTAQUES

O Ibovespa fechou o dia em baixa, prejudicado pelo movimento de aversão ao risco no exterior, causado pela maior propagação da variante delta do coronavírus. Os mercados foram duramente atingidos pela perspectiva de desaceleração do crescimento econômico por causa do aumento de casos e internações nos EUA, o que gerou um movimento de valorização do dólar e queda nas ações.

BOLETIM FOCUS

A mediana das expectativas para o IPCA (6,11% para 6,31%), crescimento de PIB (5,26% para 5,27%) e Selic (6,63% para 6,75%) em 2021 se elevaram da semana passada para a atual, enquanto a do câmbio (R$5,05) se manteve constante. Para 2022, houve elevação para a mediana do PIB (2,09% para 2,10%), enquanto as do IPCA (3,75%) Selic (7,00%) e câmbio (R$5,20) permaneceram no mesmo patamar. (BCB / CNN)

BALANÇA COMERCIAL

Segundo divulgação da Secex, a balança comercial registrou superávit de US$ 2,04 bilhões na terceira semana de julho. As exportações foram de US$6,27 bilhões e as importações de US$4,24 bilhões no período. No acumulado do ano, o saldo comercial está positivo em US$41,8 bilhões. (Valor)

VARIANTE DELTA

Segundo divulgação do ministério da Saúde, já foram identificados no Brasil 110 casos da variante delta do novo coronavírus. Desses, cinco casos evoluíram para quadro grave e morte. Antes conhecida como “variante indiana”, tal cepa possui uma taxa de infecção maior do que o coronavírus original e sintomas diferentes em sua forma leve, mais próximos aos da gripe comum. O estado com mais casos é o Rio de Janeiro, com 83 ocorrências. (Agência Brasil)

FUNDÃO ELEITORAL

O presidente Bolsonaro afirmou que não vai sancionar o fundo eleitoral de R$5,7 bilhões aprovado pelo Congresso na semana passada. Embora tenha dito que o valor é “astronômico” e poderia ser mais bem empregado em obras de infraestrutura, ele não foi explícito ao falar que vetaria o projeto. Se ele não se manifestar em 15 dias, a LDO entra em vigor mesmo sem o aval dele. Caso aconteça o veto, o centrão certamente ficará insatisfeito e não pode ser descartada a possibilidade da decisão do presidente ser derrubada. ( Folha)

INVESTIGAÇÕES VTCLOG

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, admitiu que “pode haver algum tipo de transgressão” em contratos do governo federal, assim como de estados e municípios, e disse que a lei será aplicada. Segundo Queiroga, todas as denúncias serão apuradas e, caso sejam verificadas ilicitudes, serão tomadas providências. O ministro avaliou que suspeitas de irregularidades são naturais “em uma administração pública gigantesca”, mas disse que seu objetivo é que “cada centavo” dos impostos seja aplicado corretamente. ( Valor)

CASO COVAXIN

Em depoimento à Polícia Federal, o servidor do ministério da Saúde, Luís Ricardo Miranda, afirmou que não guardou o backup com as conversas que mostram que ele foi pressionado por superiores pela compra da vacina indiana Covaxin. O servidor disse que trocou o seu celular e que não salvou os arquivos originais do antigo aparelho. Quando ouvido na semana passada, ele disse que fez os “prints” das mensagens e que encaminhou todo o material ao seu irmão, o deputado federal Luís Miranda (DEM-DF). Esses prints também não foram entregues por ele à PF. ( O Globo)

CORONAVÍRUS NO BRASIL

Nas últimas 24h, foram registrados 15,3 mil novos casos e 542 mortes. Desde o início da pandemia, os casos confirmados de Covid-19 estão em 19,4 milhões, com 542,7 mil óbitos. Foram aplicadas no Brasil 124,4 milhões de doses de vacina, sendo que 34,4 milhões de pessoas foram totalmente imunizadas, por terem recebido a segunda dose ou tomado a vacina de dose única. (Ministério da Saúde  / G1)

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL

DESTAQUES

Os índices acionários americanos fecharam em forte queda, com o Dow Jones, S&P500 e Nasdaq caindo 2,09%, 1,59% e 1,06%, respectivamente. O recuo do Dow Jones foi o mais forte desde outubro do ano passado. As notícias negativas relacionadas ao recrudescimento da pandemia, como forte aumento de casos e hospitalizações em diferentes países, fizeram as taxas dos treasuries  americanos retraírem significativamente, fechando o dia em 1,19%, com impactos nos mercados de açõese commodities

VARIANTE DELTA

Os casos de infecções, hospitalizações e mortes por covid têm acelerado de maneira significativa nos EUA, causados pela maior taxa de transmissão da variante delta e pela hesitação em tomar vacinas de parte da população. Segundo médicos, mais de 97% dos hospitalizados são pessoas que não tomaram vacinas, e estes registros aumentaram 50% em relação a duas semanas atrás, atualmente em 24,9 mil pessoas internadas. (CNN)

PREOCUPAÇÃO COM DESACELERAÇÃO

Com o avanço do vírus, investidores voltam a se preocupar com o aumento das chances da economia desacelerar no segundo semestre do ano, o que fez os rendimentos de títulos, ações e o petróleo caírem ontem. O óleo chegou a cair 7,5%, considerando também a decisão recente da OPEP de aumentar o nível de produção, e os rendimentos dos treasuries tocaram o patamar de 1,18%. Esses movimentos deixam clara a preferência dos agentes econômicos por diminuição de risco diante desta situação mais incerta. ( WSJ)

CORONAVÍRUS NO MUNDO

Nos EUA, os casos de Covid-19 já somam 34,1 milhões e as mortes ultrapassam 609,2 mil. No mundo são mais de 190,9 milhões de infectados, e os óbitos alcançaram a marca de 4,09 milhões. (Johns Hopkins)

HOJE

As principais bolsas asiáticas fecharam novamente no vermelho. Na Europa, as bolsas operam no positivo. Os futuros de Wall Street também apontam para uma abertura com ganhos, com os agentes pesando os resultados corporativos contra as incertezas para o crescimento global. O barril Brent está de lado, negociado a US$ 68,51, após os futuros recuarem mais de 7% na sessão de ontem. O ouro spot avança 0,25%, cotado a US$ 1.817,60 a onça. O yield dos treasuries de 10 anos recua ainda mais, para 1,17%, menor nível desde fevereiro e o dólar segue firme. O Bitcoin é negociado abaixo de US$ 30.000. O Ethereum também cai. Em reunião com um grupo de trabalho, Janet Yellen demandou que os reguladores acelerem as considerações das novas regras de controle das stablecoins (criptos atrelados a ativos de reserva). Na agenda do dia, dados do mercado imobiliário serão divulgados nos EUA e Jeff Bezos decola com o Blue Origin, para uma viagem ao espaço.

Deixe uma resposta