Ricardo barros causa polêmica na CPI da COvid e os últimos destaques

Sexta-feira, 13 de agosto de 2021

NESTA MANHÃ

  • As principais bolsas da Ásia fecharam sem direção definida. 
  • Na Europa, os índices operam com viés positivo.
  • Os futuros de Wall Street apontam para uma abertura mista com o Dow Jones e S&P 500 estendendo os ganhos e o Nasdaq em queda.
  • O preço do barril de petróleo recua levemente com os contratos de Brent negociados a US$ 71,14. 
  • O ouro sobe, cotado a US$ 1.759,35 a onça.
  • yield dos treasuries de 10 anos está em 1,35%.
  • O Bitcoin é negociado acima de US$ 46 mil. 

AGENDA DO DIA:

  • 09h00: Brasil – IBC-Br (jun)

RESUMO DO FECHAMENTO ANTERIOR

BrCotação DiaSemanaMêsAno
Ibovespa (pts)120.700,98-1,11%-1,72% -0,90%1,41%
DI Jan 2025 (bps)9,29%-162559364
Dólar PTAX (R$)5,23510,65%-0,11% 2,22%0,74%
S&P 500 (pts)4.460,830,30%0,55% 1,49%18,76%

BRASIL

O Ibovespa fechou no patamar de 120 mil pontos, refletindo incertezas políticas e resultados corporativos. Com margens aquém do esperado e maior concorrência em sua rede de postos no segundo trimestre, as ações da Ultrapar despencaram 12,33%. A Minerva negou a possibilidade de fechar capital e as ações do frigorífico despencaram 11,27%. As ações da B3 recuaram 7,71%. O dólar foi negociado acima de R$ 5,25, refletindo o risco político. O ambiente de cautela também puxou os juros futuros para cima, com alguns vencimentos com taxas de mais dois dígitos.

INTERNACIONAL

Os índices de Wall Street imprimiram novas máximas. O S&P 500 avançou 0,30% e o Nasdaq subiu 0,35%. Dados melhores no mercado de trabalho compensaram os preços ao produtor (PPI) mais altos. Os setores de saúde e tecnologia puxaram o S&P0500. O dólar se fortaleceu e o movimento de venda de Treasuries de 10 anos continuou, os yields bateram 1,36%.

COVID-19

Nas últimas 24h foram notificadas 975 mortes por Covid-19 e registrados 32,4 mil novos casos da doença Até o momento, foram aplicadas 160,3 milhões de doses de vacina, sendo que 48,3 milhões de pessoas, ou 22,8% da população, foram totalmente imunizadas, por terem recebido a segunda dose ou tomado a vacina de dose única. No mundo são mais 4,5 bilhões de vacinas aplicadas(Ministério da Saúde /  G1 /Johns Hopkins)

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO BRASIL

SETOR DE SERVIÇOS

O volume de serviços cresceu 1,7% de maio para junho, acumulando ganho de 4,4% nos últimos três meses. Com isso, o setor não só ampliou o distanciamento em relação ao nível pré-pandemia, já que se encontra 2,4% acima de fevereiro do ano passado, como também alcançou o patamar mais elevado desde maio de 2016. Porém, mesmo com o avanço, o setor ainda está 9,1% abaixo do recorde histórico, alcançado em novembro de 2014. ( Pesquisa Mensal de Serviços – PMS IBGE).

PEC DOS PRECATÓRIOS

O Ministério da Economia soltou nota informando que o fundo a ser criado pela respectiva proposta não ficará fora do Orçamento. Ao rebater críticas, porém, o órgão disse que os valores irão afetar o resultado primário da União. O Ministério também reconheceu que o pagamento antecipado de precatórios com recursos do fundo ficará fora do teto de gastos – regra que limita o crescimento das despesas da União à inflação. ( Poder 360)

REFORMA DO IR

A votação da reforma do IR na Câmara foi novamente adiada. O relator Celso Sabino apresentou novo parecer, após críticas ao primeiro texto ontem. A falta de consenso fez o presidente da Casa, Arthur Lira, adiar para terça-feira a apreciação em plenário. (Correio Braziliense)

CPI DA PANDEMIA

A oitiva de Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Câmara, na CPI da Covid foi polêmica. Nos bastidores, membros da Comissão classificaram a fala como “petulante” e que ele “mentido deliberadamente e inventado informações sem qualquer preocupação”. A sessão foi interrompida e o colegiado decidiu que ele deverá ser chamado novamente, desta vez na condição de convocado. (Valor)

AUXÍLIO EMERGENCIAL

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira, 12, a antecipação do pagamento das próximas três parcelas do auxílio emergencial. O benefício que acabaria em julho, foi prorrogado por mais três meses. Segundo o ministro da Cidadania, João Roma, o custo da extensão do programa foi de mais de R$ 20 bilhões. (Estadão)

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO MUNDO 

SEGURO-DESEMPREGO

O número de americanos que solicitaram o seguro-desemprego pela primeira vez caiu a 375 mil. A queda, pela terceira semana consecutiva, ficou em linha com as expectativas dos economistas consultados e mostrou que o mercado de trabalho continua melhorando, apesar das preocupações com a variante delta.  (WSJ / Valor)

PREÇOS AO PRODUTOR

O  PPI dos EUA teve alta de 1,0% em julho na comparação com junho, após ajustes sazonais, informou hoje o Departamento do Trabalho. Analistas ouvidos pela Bloomberg previam crescimento de 0,6% para o índice cheio e de 0,5% para o núcleo. O núcleo, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, também subiu 1,0% na mesma comparação. O PPI tem superado as expectativas por cinco meses consecutivos. (Bloomberg)

PIB DO REINO UNIDO

O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido subiu 4,8% no segundo trimestre, na comparação com o trimestre anterior, após o alívio das restrições para conter a disseminação da covid-19 no país. Apesar de forte, o avanço no segundo trimestre deixa o PIB 4,4% abaixo do nível em que operava no fim de 2019, antes do início da pandemia.  (FT)

PETRÓLEO

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) manteve suas previsões de crescimento da demanda de petróleo em 2021 e 2022 inalteradas. É esperado que aumente em cerca de 6 milhões de barris por dia neste ano, para uma média de 96,6 milhões, e mais 3,3 milhões em 2022. Já as previsões de crescimento da oferta em países que não fazem parte do cartel foram revisadas para 270 mil barris por dia em 2021 e 840 mil barris por dia em 2022. A oferta não-Opep deve crescer agora 1,1 milhão de barris por dia neste ano, impulsionada por Canadá, Rússia, China, Estados Unidos e Brasil. (Valor / OPEP

Deixe uma resposta