Pandora Papers e os destaques da semana.

Panorama Semanal de 4 a 8 de outubro* 

DESTAQUES

O caso Pandora Papers foi um dos destaque da semana na imprensa. E o apagão em Facebook, WhatsApp e Instagram dominou o noticiário mundial. Na economia doméstica, as preocupações se voltam para a alta inflacionária, com a divulgação do IPCA de setembro, recorde para o mês desde o Plano Real. 

PANDORA PAPERS

Pandora Papers é um banco de dados divulgado por vários veículos de imprensa, de diversos países, sobre ativos em paraísos fiscais. De acordo com as informações apuradas, o ministro da Economia, Paulo Guedes, tem uma empresa offshore nas Ilhas Virgens Britânicas, no Caribe, com um patrimônio equivalente a US$ 9,5 milhões.

CONFLITO DE INTERESSES 

Ter uma empresa ou conta em paraíso fiscal não é ilegal, mas o caso está gerando polêmica por questão de conflito de interesses. Guedes e Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, cujo nome também aparece na lista, aprovaram recentemente uma medida que favorece quem tem recursos no exterior. 

Entre os nomes divulgados, há executivos e empresários brasileiros, além de autoridades de outros países. 

INVESTIGAÇÕES EM CURSO

Diante da situação, a Procuradoria-Geral da República abriu uma investigação preliminar. E o MP pediu ao TCU que investigue Guedes e Campos. O Plenário da Câmara, por sua vez, aprovou a convocação de Guedes, para dar explicações.  

CPI DA PANDEMIA

Na CPI da Pandemia, a operadora Hapvida entrou no foco das denúncias, acusada, assim como a Prevent Senior, de pressionar profissionais da saúde para que indicassem o uso do chamado kit covid. 

PREVENT SENIOR

E começam a vir à tona mais denúncias sobre as práticas da Prevent Senior. O advogado Tadeu Frederico de Andrade contou na CPI que, após ter ficado um mês na UTI, uma médica orientou sua transferência para um leito com tratamento paliativo, já que ele morreria “em poucos dias”. Em caso de parada cardíaca, a recomendação seria que o advogado não fosse reanimado. 

Já o diretor-presidente da ANS, Paulo Rebello, afirmou na CPI que soube do caso Prevent Senior pela própria CPI. Mas, conforme mensagens divulgadas pelos médicos que denunciaram a operadora, a ANS teria recebido as denúncias no ano passado.

FUSÃO PARTIDÁRIA 

Na política nacional, de olho nas eleições, o DEM e o PSL aprovaram ontem sua fusão e a criação do União Brasil. 

BOLSONARO X ABSORVENTES

O presidente Jair Bolsonaro vetou a distribuição gratuita de absorventes no âmbito do Programa de Proteção e Promoção da Saúde Menstrual, aprovado no Congresso. Houve repercussão nas redes sociais. E parlamentares estão se mobilizando para mudar a decisão. 

INFLAÇÃO

Na esfera econômica, tensão com os preços. A  inflação medida pelo IPCA subiu 1,16% em setembro, de acordo com o IBGE. Em 12 meses, o indicador acumula 10,25%. 

LEILÃO ANP

E o leilão de blocos de petróleo da ANP não obteve os resultados esperados. Dos 92 blocos ofertados na 17ª rodada, apenas 5 foram arrematados. Pesou a questão ambiental em blocos próximos a regiões protegidas. 

APAGÃO FACEBOOK

O Facebook foi o grande destaque da imprensa no mundo todo. Na segunda-feira, WhatsApp, Instagram e Facebook registraram instabilidade e saíram do ar por várias horas. A falha teria sido interna, de infraestrutura. Mark Zuckerberg disse que foi “a pior queda” em anos. Ele perdeu bilhões com o episódio. As ações da empresa despencaram. 

Tudo isso também por conta das revelações de Frances Haugen, ex-funcionária responsável pelos vazamentos publicados no The Wall Street Journal. Ela prestou depoimento no Senado, onde afirmou, entre outras coisas,  que os produtos do Facebook prejudicam crianças e enfraquecem a democracia. Segundo Frances, a empresa esconde informações essenciais desl usuários e governos. Zuckerberg refutou as acusações. 

VACINA CONTRA A MALÁRIA

Uma boa notícia foi a aprovação, pela OMS, da primeira vacina contra a malária, que pode salvar a vida de milhares de crianças africanas. 

EUA

Nos EUA, a questão em torno do teto da dívida ganhou uma trégua com o acordo parlamentar  para ampliar o limite da dívida do país até o começo de dezembro. 

RUSSIA X GÁS

Ainda no cenário internacional, outro alívio veio da Rússia, com as declarações do presidente Vladimir Putin de que vai aumentar a oferta de gás para a Europa. 

BOLSA

No pregão desta quinta-feira, o dólar fechou em alta de 0,54%, cotado a R$ 5,517. O Ibovespa encerrou em ligeira valorização de 0,02%, em 110.585 pontos. 

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.*

Dados atualizados até às 9h30 do dia 8/10.

Deixe uma resposta