As expectativas para a inflação e os destaques da semana

Panorama Semanal de 15 a 19 de novembro* 

DESTAQUE

O noticiário econômico girou em torno de perspectivas pessimistas para inflação e PIB, além de um quadro de incerteza fiscal, simbolizado pela PEC dos Precatórios. Reflexo desse cenário, o Ibovespa encerrou a quinta-feira na pior pontuação de fechamento do ano.

IBC-BR 

O IBC-Br, indicador antecedente do PIB calculado pelo Banco Central, recuou 0,27% em setembro.

INFLAÇÃO

O Ministério da Economia revisou a projeção da inflação de 2021 (IPCA) de 7,90% para 9,70%. Para 2022, a previsão inflacionária oficial subiu de 3,75% para 4,70%. 

BOLSONARO

O presidente Jair Bolsonaro, em viagem ao Bahrein, disse que o governo estuda conceder reajuste salarial a todos os servidores, caso a PEC dos Precatórios, que tramita no Senado, seja aprovada. Polêmica, a PEC dos Precatórios libera cerca de R$ 90 bilhões do Orçamento, o que possibilitaria recursos para o Auxílio Brasil de R$ 400.

ELEIÇÕES 2022

Os movimentos relacionados às eleições de 2022 também repercutiram. A filiação do presidente Jair Bolsonaro ao PL foi adiada, após divergências devido a acordos estaduais do partido com outros candidatos.

AMAZÔNIA

Em discurso a empresários e investidores em Dubai, Bolsonaro disse que a Amazônia é uma floresta úmida e, por isso, “não pega fogo”. O presidente afirmou que 90% da Amazônia está preservada. Relatório do Inpe sobre desmatamento na Amazônia revela que entre agosto de 2020 e julho de 2021, a área desmatada é de 13.235 km2, a maior desde 2006. O balanço, pronto desde o fim de outubro, antes do início da COP26, foi divulgado nesta quinta-feira.

COVID-19

Sobre a Covid-19, dados preocupantes vêm da Europa, onde acontece uma nova onda da doença. Na Áustria, quem não se vacinou terá que ficar parcialmente em confinamento doméstico. Na Holanda, entrou em vigor um lockdown por três semanas.

VACINAÇÃO

Aqui no Brasil, o Ministério da Saúde reduziu o intervalo mínimo para aplicação da terceira dose. Recomendada agora para todos os adultos, a dose de reforço pode ser feita após cinco meses da segunda dose.

EUA

Nos EUA, destaque para a promulgação, pelo presidente Joe Biden, do projeto de lei do plano de infraestrutura de US$ 1,2 trilhão (cerca de R$ 6,5 trilhões).

BOLSA

No pregão desta quinta-feira, o Ibovespa caiu 0,51%, para 102.426 pontos, o menor patamar do ano. O dólar encerrou em alta de 0,80%, cotado a R$ 5,569.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.

* Dados atualizados até as 9h do dia 19/11.

Deixe uma resposta