Alta nos preços dos combustíveis no Brasil e os destaques da semana

Panorama Semanal de 7 a 11 de março* 

O prolongamento do conflito causado pela invasão da Ucrânia pela Rússia, com a ampliação dos bombardeios, e a alta no preço dos combustíveis no Brasil foram os destaques do noticiário semanal. 

GUERRA NA UCRÂNIA

Em paralelo à intensificação dos ataques russos, com mortes de civis na Ucrânia e destruição de hospitais, autoridades mundiais tentam, até agora sem sucesso, caminhar na direção de uma negociação. 

As sanções econômicas à Rússia aumentam. Grandes empresas, como McDonald’s, Visa e Mastercard, somaram-se a uma extensa lista de multinacionais que já suspenderam seus negócios na Rússia. 

O presidente dos EUA, Joe Biden, informou que estão proibidas as importações de combustíveis fósseis russos, incluindo petróleo. 

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou, por sua vez,  que o país vai nacionalizar empresas ocidentais e proibiu a exportação de diversos produtos. 

ALTA NO PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS

O petróleo, em alta, gera preocupação no cenário inflacionário global. 

Aqui no Brasil, a Petrobras anunciou um reajuste no preço dos combustíveis. A gasolina subiu 19%, o diesel, 25%, e o gás de cozinha, 16%. O governo decidiu conceder subsídios, com redução de impostos, para que o repasse do aumento não seja integral. O texto do Projeto de Lei avançou no Congresso. 

INFLAÇÃO DE FEVEREIRO

A inflação de fevereiro, medida pelo IPCA, acelerou para 1,01%, o maior percentual para esse mês desde 2015. O indicador acumula 10,54% em 12 meses. 

A produção industrial de janeiro recuou 2,4%, de acordo com dados divulgados pelo IBGE. 

COVID-19: DIMINUIÇÃO DE RESTRIÇÕES

Em relação a Covid-19, estados e municípios começam a retirar restrições como a obrigatoriedade do uso de máscara em determinados locais. 

BOLSA E DÓLAR

Nos mercados, prevalece a volatilidade. No Brasil, aumentou a preocupação fiscal por causa das medidas para subsidiar os combustíveis. 

Assim, no pregão desta quinta-feira, o Ibovespa fechou em queda de 0,21%, aos 113.663 pontos. O dólar encerrou em alta de 0,11%, cotado a R$ 5,016. 

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.

* Dados atualizados até as 9h.

Deixe uma resposta