Suspeita de coronavírus no Brasil e os últimos destaques

BRASIL EM FOCO 

A preocupação com o coronavírus no Brasil e no mundo manteve o investidor cauteloso. O Ibovespa recuou 0,94% aos 115.385 pontos. O dólar PTAX era cotado a R$ 4,2013, queda de 0,12%. No mercado de juros, os contratos de DI para janeiro de 2025 permaneceram estáveis, negociados à taxa de 6,17%.

No Brasil, o Ministério da Saúde anunciou que há 9 casos suspeitos de coronavírus, sendo 3 no estado de São Paulo, 2 em Santa Catarina, 1 em Minas Gerais, 1 no Rio de Janeiro, 1 no Paraná e 1 caso no Ceará. Até agora, 33 casos foram notificados no Brasil. Destes, 24 já foram descartados ou excluídos. Nenhum dos casos investigados atualmente é classificado como provável. A princípio, não haverá bloqueio a pessoas que venham da China, mas a recomendação de que empresas evitem viagens à China e que também não realizem reuniões no Brasil com a presença de pessoas do país asiático. (Poder 360)

O presidente Jair Bolsonaro, autorizou o Ministério de Relações Exteriores a emitir uma nota endossando o plano de paz de Donald Trump para o Oriente Médio. O comunicado “saúda o plano de paz e prosperidade”, afirmando que a proposta “constitui um documento realista e ao mesmo tempo ambicioso”. A proposta de paz entre palestinos e israelenses que Trump desenhou, é contudo, muito mais favorável à Israel e não teve a participação do outro lado na sua elaboração. A nota de apoio emitida por Bolsonaro contrariou as recomendações de militares, assessores da área econômica e de diplomatas brasileiros. ( Folha)

OBSERVATÓRIO INTERNACIONAL 

Nos EUA, as notícias sobre o coronavírus em dia de decisão de política monetária não permitiu uma recuperação mais robusta dos principais índices acionários. O S&P 500 fechou próximo do valor de abertura, caindo 0,09% aos 3.273,40 pontos.

Dados mais atualizados sobre o coronavírus apontam que, a doença semelhante à pneumonia, matou 170 pessoas e contaminou mais de 7.000 na China e no mundo. Especialistas em saúde pública afirmam que a OMS precisa declarar o surto como uma emergência global. A Organização Mundial da Saúde deve reunir seu comitê de emergência em Genebra ainda na quinta-feira – a terceira vez em uma semana – para avaliar se o novo vírus constitui de fato uma “emergência de saúde pública de interesse internacional”, ou PHEIC. (South China Morning Post)

Na reunião de quarta-feira, o FOMC (Comitê de Política Monetária do banco central americano) manteve a taxa básica de juros inalterada entre 1,5% e 1,75% ao ano. Jerome Powell, presidente do FED, disse que pretende evitar a espiral descendente da inflação e das expectativas de inflação que atormentaram outros países. Nas palavras de Powell “Não estamos satisfeitos com a inflação abaixo de 2%, principalmente no momento em que estamos em um longo caminho para uma expansão”. O que vem sendo interpretado dessa fala é que o banco central americano estaria se movendo em direção a uma grande mudança na maneira como encara seu mandato de estabilidade de preços com a perspectiva de concluir uma revisão de sua estrutura política até meados do ano. (Bloomberg)

Um pouco apagado pelas notícias sobre o coronavírus, na Europa, o Brexit teve seu último passo aprovado. Os membros do Parlamento Europeu apoiaram esmagadoramente os termos da saída do Reino Unido da União Europeia. Os eurodeputados ratificaram o Acordo de Retirada por 621 votos a 49. Não restavam dúvidas sobre a aprovação do acordo, mas a aprovação tem um peso simbólico importante para a novela do Brexit. O Reino Unido deve deixar o bloco às 23:00 GMT de sexta-feira (31). (BBC)

Nesta manhã, a crescente preocupação com os possíveis efeitos do coronavírus na segunda maior economia do mundo e os impactos no crescimento global derrubou as bolsas em Hong Kong e Japão, já que a bolsa na China ainda está de recesso. Na Europa as bolsas também recuam, assim como os futuros de Nova York apontam para um dia negativo. Os investidores seguem buscando proteção nos títulos do Tesouro dos EUA e outros bonds. O dólar também se valoriza, assim como o ouro avança. 

O preço do petróleo WTI recua 1,84%, a US$ 52,35, com o aumento do estoque da commodity nos EUA dos últimos três meses, além das incertezas do coronavírus.

RESUMO DOS MERCADOS 

Dólar PTAX R$ 4,2013 – 0,12%
DI Fut Jan/25 6,17% — 
Ibovespa  115.384,84 pts  – 0,94%
S&P 500 3.273,40 pts  – 0,09%

TÓPICO DO DIA 

O tópico de hoje é Previdência Privada. A estrategista-chefe da Órama, Sandra Blanco, conversa com a especialista Tatiane Porto sobre esse tema, que se torna cada vez importante para o futuro das pessoas. Venha entender melhor esse produto, suas especificidades e vantagens!

As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser  divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s