Investimentos em Abril de 2014

Logo no início do mês de abril o Copom elevou mais uma vez a taxa básica de juros da economia (Selic) em 0,25 pontos percentuais. Com o novo aumento, a taxa já está no patamar de 11% ao ano e a inflação continua persistente.

Discussões sobre a corrupção na Petrobras e o escândalo da compra da refinaria de Pasadena afetaram a aprovação do governo de Dilma, demonstrado nos resultados das pesquisas que mostram queda nas intenções de voto para a presidente nas eleições de outubro. Com isso, os papéis das estatais negociados em bolsa como Petrobras, Eletrobras e Banco do Brasil, responderam positivamente à queda da popularidade de Dilma. As ações da Petrobras subiram 5,68%.

A divulgação dos balanços do terceiro trimestre afetou pontualmente os principais papéis negociados na bolsa. O Ibovespa fechou o mês com valorização de 2,40% puxado por Petrobras e ações de empresas do setor bancário e financeiro que apresentaram bons balanços. Os destaques negativos do índice foram Vale e Gerdau, com os lucros afetados pela desvalorização do minério de ferro no mercado internacional e do dólar. A CSN foi afetada pela decisão do Cade de diminuir sua participação na Usiminas.

No mercado internacional, a crise entre Ucrânia e Rússia preocupa investidores. As economias americana e européia dão continuidade ao processo de retomada do crescimento, ainda que de forma lenta.

Neste contexto, o CDI variou 0,82%, enquanto a Poupança teve rendimento de 0,55%. O dólar caiu 1,72% e o Ibovespa registrou alta de 2,40%. Os melhores fundos de investimento do mês foram:

O Fundo mais rentável do mês foi o Órama Rio Bravo Fundamental, com alta de 3,19%. O fundo ganhou com seu posicionamento em empresas do setor financeiro como Itaú e Cetip. O sentimento do mercado em relação aos bancos vem melhorando, depois de sofrerem com as campanhas do governo para reduzir os spreads bancário e da pressão nos resultados com a queda da Selic em 2012.

O segundo fundo que mais se valorizou foi o Órama JGP Equity, 2,46%. O bom resultado também é atribuído às ações do setor financeiro.

O Órama Bogari Value foi o terceiro fundo que mais subiu, retorno de 1,67%. A performance do fundo é atribuída principalmente ao bom desempenho de ações bancos e empresas financeiras que compõe sua carteira, como Itaúsa e Cielo. Cosan também adicionou valor à carteira do fundo, com valorização superior a 8%.

A variação do Órama Inflação foi de 1,39% – quarta maior alta do mês. Em abril houve uma valorização generalizada dos títulos públicos, sobretudo os com prazos de vencimento mais longos.  A entrada de recursos do investidor estrangeiro na renda fixa em busca de alta taxa de juros contribuiu para isso. Os preços das NTN-Bs, papéis indexados à inflação que compõem a carteira do Órama Inflação, subiram e explicam o resultado do Fundo.

O Órama BNY Mellon ARX Income se valorizou 1,30%. Foi o quinto melhor fundo do mês. O fundo ganhou com as ações da Petrobrás, que subiram impulsionadas pelos resultados das pesquisas eleitorais. Itaú e BB Seguridade do setor financeiro também contribuíram para alta do Fundo.

Mantemos nossa visão mais otimista para o desempenho do mercado de risco com base no cenário global mais benigno. Com isso, minhas sugestões para investimentos não mudam muito e são as seguintes:

1)       As Letras de Crédito (LCI e LCA) continuam bastante atraentes para investidores conservadores ou para quem está reduzindo o risco da carteira, como forma de diversificação. São isentas de imposto de renda e com a Selic a 11% ao ano, o rendimento é bastante superior ao da poupança.

2)       Para investidores conservadores, para aplicar a reserva para emergências e investimentos de curto prazo, indico o Órama DI Tesouro Master, fundo que segue a valorização da Selic e tem liquidez diária.

3)       Para investidores moderados e com horizonte de investimento de médio prazo: Órama BNY Mellon ARX Hedge Plus, Órama BTG Pactual Hedge Plus e Órama Opportunity Total, que investem no mercado de juros, câmbio e ações.

4)       Para investidores agressivos com horizonte de investimento de longo prazo a melhor opção são os Fundos de Ações. Sugiro Órama JGP Equity, Órama Studio, Órama STK Ações e Órama Bogari.

Bons investimentos e até a próxima!

Escrito por

Consultora de investimentos da Órama autorizada pela CVM, CFP® e autora de diversos livros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s