Tensões aumentam entre Rússia e Ucrânia e os destaques da semana

Panorama Semanal de 14 a 18 de fevereiro*

TENSÕES AUMENTAM ENTRE RÚSSIA E UCRÂNIA

O aumento da tensão mundial com um possível conflito militar entre Rússia e Ucrânia foi o destaque da semana no noticiário. As tensões geopolíticas na região, que envolvem ainda os Estados Unidos e a Otan, aumentaram ao longo da semana. A Rússia teria reforçado a quantidade de soldados na fronteira com a Ucrânia.

PRESIDENTE BOLSONARO VAI À RÚSSIA

Em meio ao problema, o presidente Jair Bolsonaro foi a Moscou, para tratar de relações bilaterais entre Brasil e Rússia. Em encontro com Vladimir Putin, disse que os dois países têm muito a colaborar. Putin afirmou que “o Brasil é o principal parceiro comercial na região da América Latina”.

ÍNDICE DE PREÇOS AO PRODUTOR NOS EUA

Nos Estados Unidos, o índice de preços ao produtor (PPI) subiu 1% em janeiro em relação a dezembro. Em 12 meses, a alta inflacionária por esse indicador é de 9,7%. 

SUBVARIANTE DA ÔMICRON

Um estudo japonês divulgado esta semana demonstra que a subvariante BA.2 da Ômicron é mais agressiva, podendo afetar os pulmões com maior facilidade que a BA.1. O estudo ainda não foi revisado.

ANVISA AUTORIZA AUTOTESTE

No Brasil, a Anvisa autorizou o primeiro autoteste de Covid-19. O teste, feito com swab nasal, dá o resultado em 15 minutos.

TRAGÉDIA EM PETRÓPOLIS

No Rio, destaque para a tragédia em Petrópolis, onde mais de cem pessoas morreram e dezenas estão desaparecidas por causa das chuvas que castigam a região.

BOLSA E DÓLAR

No pregão desta quinta-feira, após ter subido ao longo da semana até 115 mil pontos, o Ibovespa fechou em baixa de 1,43%, aos 113.528 pontos – influenciado pela situação na Ucrânia. O dólar, que havia se desvalorizado nos últimos dias, encerrou em alta de 0,76%, cotado a R$ 5,166.

Obrigada, bom fim de semana e até o próximo Panorama Semanal.

*Informações atualizadas até as 9h30 do dia 18/2.

Deixe uma resposta