Aumento na conta de luz e os últimos destaques

Quarta-feira, 01 de setembro de 2021

NESTA MANHÃ

  • Os índices das principais bolsas asiáticas fecharam com altas expressivas acima de 1% na China e no Japão.
  • Na Europa, na esteira de uma série de indicadores relevantes da região e à espera de novos números do desempenho econômico dos EUA, os índices operam com ganhos. 
  • Os futuros dos índices de Wall Street também apontam para uma abertura positiva.
  • Os contratos de Brent recuam estão de lado, negociados a US$ 71,70.
  • O ouro recua 0,04% e é cotado a US$ 1.812,85 a onça.
  • yield dos treasuries de 10 anos avança e está em 1,32%.
  • O Bitcoin é negociado no patamar dos US$ 47.700. 

AGENDA DO DIA

  • 09:00 – Brasil: PIB (2º trimestre)
  • 09:15 – EUA: Variação de Empregos Privados ADP (ago)
  • 11:00 – EUA: PMI Industrial (ago)

RESUMO DO FECHAMENTO ANTERIOR

BrCotação DiaSemanaMêsAno
Ibovespa (pts)118.781,03-0,80%-1,57% -2,48%-0,20%
DI Jan 2025 (bps)9,53%161383388
Dólar PTAX (R$)5,1433-1,00%-1,47% 0,42%-1,03%
S&P 500 (pts)15.259,24-0,04%0,86% 4,00%18,40%

BRASIL

O Ibovespa encerrou o último dia do mês em 118.781 pontos, registrando 2,48% de queda no mês e anulando os ganhos acumulados no ano. A preocupação com o fiscal e a espera da entrega do orçamento de 2022 deram a direção do dia. O dólar, que chegou a ser negociado acima de R$ 5,40 durante o mês, refletindo as incertezas sobre a trajetória das contas públicas e a escalada das tensões entre os poderes, recuou no final. Os desafios políticos e os dados que apontam para uma maior inflação refletiram nas altas das taxas dos contratos futuros de juros. 

INTERNACIONAL

Os índices de Nova York registram leves quedas na última sessão de agosto, na esteira da divulgação de indicadores econômicos nos EUA, que vieram abaixo das estimativas do mercado. No entanto, avançaram fortemente no mês, o Nasdaq acumulou alta de 4%, o S&P 500 subiu 2,9% e o Dow Jones 1,22%.

COVID-19

Nas últimas 24h foram notificadas 839 mortes por Covid-19 e registrados 24,6 mil novos casos da doençaAté o momento, 61,56% da população já recebeu a primeira dosee 62,6 milhões de pessoas, ou 29,34%, foram totalmente imunizadas. No mundo, mais de 5,3 bilhões de vacinas já foram aplicadas.( Ministério da Saúde / G1 / Johns Hopkins )

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO BRASIL

PETROBRAS

Com o mercado ainda avaliando os impactos da passagem do furação Ida nas petroleiras dos EUA e de olho na próxima reunião da Opep, as ações da Petrobras caíram 2,79% (ON) e 3,92% (PN). Internamente, os temores de ingerência do Poder Executivo na política de preços da empresa voltaram a pesar. Mais cedo, ao defender a troca de comando na estatal realizada pelo governo federal no início do ano, Jair Bolsonaro afirmou que vai começar a “trabalhar no preço do combustível”.  Valor)

ENERGIA MAIS CARA

O governo anunciou um reajuste de 49,63% no valor cobrado na bandeira tarifária para fazer frente às despesas do acionamento de usinas térmicas e das medidas adotadas para evitar apagões e até mesmo um racionamento de energia. A partir de setembro, o valor da taxa adicional cobrada nas contas de luz passará de R$ 9,49 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) para R$ 14,20. O valor irá vigorar entre 1º de setembro e 30 de abril. A bandeira “escassez hídrica” provocará aumento de 6,78% na tarifa média.  Agência Brasil)

ELETROBRAS

O governo determinou que a Eletrobras antecipe um aporte de R$ 5 bilhões à Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) em 2022. Para 2023, o valor cai para R$ 526 milhões.O dinheiro será pago pela empresa com os recursos de sua capitalização por acionistas privados. Em nota, o Ministério de Minas e Energia informou que a decisão foi tomada com o objetivo de “fazer frente a uma possível pressão tarifária em vista das condições apresentadas pelos reservatórios das hidrelétricas perante a escassez hídrica vivenciada atualmente pelo país”. ( Valor)

PROJETO DE LEI OREÇAMENTÁRIA ANUAL

O governo federal encaminhou ao Congresso Nacional, nesta terça-feira (31), o PLOA de 2022. Ainda sem uma saída para parcelar os precatórios (dívidas judiciais por decisões definitivas), o texto incluiu a totalidade dos R$ 89,1 bilhões de despesas previstos pelo Poder Judiciário.O maior aperto veio nos investimentos, que deverão totalizar R$ 23,75 bilhões em 2022, contra R$ 28,66 bilhões propostos no Orçamento de 2021. O parlamento poderá modificar o texto durante sua tramitação.( Agência Brasil)

REFORMA ADMINISTRATIVA

Após pressão de diversos setores do funcionalismo público, o relator da reforma administrativa, deputado Arthur Oliveira Maia (DEM-BA), afirmou que decidiu manter a estabilidade dos atuais e dos futuros servidores públicos na proposta, mas disse que haverá avaliações de desempenho mais constantes no início da carreira. O texto será lido na comissão especial hoje (01) e deverá ser votado pelo colegiado nos dias 14 ou 15 de setembro. O texto já foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça em maio. ( Poder 360 / Valor)

DESEMPREGO

A taxa de desocupação (14,1%) do trimestre móvel de abril a junho de 2021 recuou 0,6 ponto percentual em relação ao trimestre de janeiro a março de 2021(14,7%) e subiu 0,8 p.p. frente ao mesmo trimestre de 2020 (13,3%). A população desocupada (14,4 milhões de pessoas) ficou estável ante o trimestre anterior. (Agência IBGE)

DÍVIDA PÚBLICA

A dívida bruta do governo foi a 83,8% do PIB em julho. Pela metodologia do BC, o setor público registrou déficit primário de R$ 10,3 bilhões em julho. O resultado nominal, que inclui o custo da dívida, foi deficitário em R$ 55,4 bilhões no mês. Em julho, o governo desembolsou R$ 45,1 bilhões com juros da dívida pública. No mesmo mês do ano passado, foram R$ 5,8 bilhões. O aumento foi influenciado por perdas em operações de swap cambial  realizadas pelo BC, que somaram R$ 8,9 bilhões. Além disso, o aumento da inflação e da taxa básica de juros (Selic) no período elevou os gastos da dívida. (Folha)

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO MUNDO 

AFEGANISTÃO

O presidente dos EUA, Joe Biden, em pronunciamento, para marcar o fim da saída das tropas americanas do Afeganistão, disse que a operação foi um “sucesso extraordinário e histórico”. Ainda que americanos, aliados e afegãos que colaboraram com as forças ocidentais tenham sido resgatadas em poucas semanas, a retirada foi marcada por cenas de caos. Entre elas, o ataque terrorista que, na quinta (26), matou mais de 180 pessoas perto do aeroporto. Uma pesquisa conduzida pela Pew Research entre 23 e 29 de agosto, mostrou que 42% dos entrevistados disseram que o governo Biden não administrou bem a situação no Afeganistão, 26% achou que o trabalho foi excelente e 29% que foi razoável. Na mesma pesquisa, 54% disse que a retirada foi a decisão correta, enquanto 42% disse que não foi. (WSJ)

CONFIANÇA DO CONSUMIDOR

A confiança do consumidor norte-americano recuou para uma mínima em seis meses em agosto, com preocupações em relação a um aumento nos novos casos de Covid-19 e a uma inflação mais alta prejudicando as perspectivas para a economia. O índice registrou 113,8 neste mês, menor patamar desde fevereiro, ante 125,1 em julho. (Reuters)

PMI DE CHICAGO

O índice de Gerente de Compras de Chicago, elaborado pelo Instituto para Gestão da Oferta (ISM), caiu para 66,8 pontos em agosto, após forte alta em julho. As encomendas cresceram fortemente, enquanto a produção afundou. A oferta de matérias-primas e trabalhadores não tem sido suficiente para atender às ordens. Entre cinco indicadores, as encomendas foram as que mais cresceram, seguida pelas entregas dos fornecedores, estoques e preços. A produção apresentou o maior declínio. (MNI)

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

O governo federal está ajudando os estados do sul a limpar os estragos deixados pelo furacão Ida. O número de mortes subiu e o levantamento das perdas começa a ficar mais preciso. Oficiais da Louisiana não sabem ao certo quando a eletricidade vai voltar. Meteorologistas apontam as mudanças climáticas como instensificadoras das tempestades. Enquanto isso, na costa oeste, incêndios florestais provocados pelo aquecimento global estão se direcionando para o Lake Tahoe. (Bloomberg)

COVID-19

A Europa alcançou a meta de vacinar completamente 70% da população adulta, enquanto Israel reportou um número recorde de novos casos. Para administrar as novas doses, a governadora de Nova York, Kathy Hochul, está orçando milhões de dólares para a força tarefa. No Colorado, as crianças estão sendo infectadas em taxa acelerada. (Bloomberg)

Deixe uma resposta